segunda-feira, 27 de setembro de 2010

II Divisão: Treinador do Sp. Espinho faleceu depois do jogo

António Jesus (na foto), antigo guarda-redes internacional português, e que actualmente orientava o clube da sua terra, Sp. Espinho, faleceu ontem horas depois da sua equipa ter empatado frente ao Boavista a um golo.
Depois do jogo terminar, segundo revelaram alguns amigos mais chegados, Jesus terá começado a sentir-se mal, e já em casa da sua filha, por volta das 20h, o mau estar continuou, e o antigo internacional decidiu então ir "apanhar um pouco de ar e beber um café".
No entanto, acabou por cair inanimado à porta de casa, vítima de um fulminante ataque cardíaco. Chamado ao local, o INEM nada pôde fazer, e o técnico do Sp. Espinho foi mesmo dado como morto no local.
Jesus, de 55 anos, formou-se nas camadas jovens do FC Porto,  tendo depois representado como sénior, Lourosa, Beira Mar, Varzim, V. Guimarães (onde viveu os melhores períodos da sua carreira), Leixões e D. Chaves.
Jesus, foi ainda internacional português durante sete ocasiões, tendo efectuado a sua estreia frente à Bélgica a 4 de Fevereiro de 1987. 
Foi precisamente, ao serviço do D. Chaves que Jesus começou a sua carreira de treinador, tendo passado depois por Marítimo, P. Ferreira, Sp. Covilhã, Benfica Castelo Branco e Tondela. Ao serviço destes dois últimos clubes, alcançou duas subidas de divisão da III para a II Divisão B.
Esta temporada, havia aceitado o "desafio" de orientar o clube da sua terra, o Sp. Espinho, onde somou por empates os dois jogos oficiais que disputou. 
O funeral de António Jesus, realiza-se amanhã, pelas 16 horas no cemitério de Anta, Espinho.
Até Sempre Jesus !

Sem comentários:

Enviar um comentário