terça-feira, 13 de setembro de 2011

Liga dos Campeões: FC Porto vence

O FC Porto começou a fase de grupos da Liga dos Campeões com um triunfo, ao vencer no seu estádio, o Shakhtar da Ucrânia por duas bolas a uma.
Hulk voltou ao onze e aos cinco minutos deu o primeiro sinal, quando um remate seu acabou por embater na barra.
Quatro minutos depois, tabela do 'Incrível' com James, e o colombiano a ser placado dentro de área. Chamado a converter a grande penalidade, Hulk atirou ao poste.
Como quem não marca sofre, os ucranianos acabaram por chegar ao golo, quando estavam decorridos 13' minutos. O primeiro remate de Willian foi direitinho às mãos de Helton, mas o guardião acabou por soltar a bola, aparecendo Luíz Adriano a empurrar para o 0-1.
A resposta portista apareceu aos 28' minutos e mais uma vez por intermédio de Hulk: livre a mais de trinta metros da baliza, o brasileiro encheu o pé e...fez um golão!
O empate era justo tendo em conta o equilíbrio da partida, numa primeira parte que não acabou sem que o central ucraniano Rakitsky fosse expulso. Entrada violenta sobre Moutinho e vermelho directo ao jogador do Shakhtar. De imediato, Mircea Lucescu fez entrar um central para equilibrar a equipa defensivamente, retirando o avançado brasileiro Eduardo da Silva.
No segundo tempo, entrou em cena James Rodríguez que já havia estado bem na primeira metade. O colombiano fez o que quis do lateral direito adversário, servindo de bandeja Kléber, que só teve de empurrar para o 2-1 aos 51' minutos.
Aos 64' e novamente James a 'dar trabalho' ao guardião adversário, e mais uma vez o miúdo, aos 81', a acertar com a bola na barra, na sequência de um livre directo.
Antes disso, Chygrynskiy, havia sido expulso por acumulação de amarelos, precisamente no lance que deu o tal livre à barra.
Até final, nada de mais se passou digno de registo, ficando na retina, o controlo de jogo que o Porto fez, mesmo a jogar contra nove elementos.
No outro jogo do grupo, o APOEL dos portugueses Hélio Pinto, Nuno Morais e Paulo Jorge, e dos brasileiros e nossos bem conhecidos, Manduca e Marcinho, bateu o Zenit de Bruno Alves e Danny, também por duas bolas a uma, sendo que o central natural da Póvoa de Varzim, acabou por ser expulso.
Na próxima jornada, o Porto desloca-se à Rússia para defrontar o Zenit.

Sem comentários:

Enviar um comentário