segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

CAN: Zâmbia vence competição

(Em Libreville, no Gabão, a festa foi da Zâmbia.)
De forma surpreendente ou não, a Zâmbia venceu o CAN 2012, a maior prova de futebol para Selecções do continente africano.
Numa prova em que Angola, Marrocos e Senegal foram as grandes desilusões, a Guiné-Equatorial de Balboa e a Zâmbia foram as grandes revelações, com os "Chipolopolo" a vencerem a competição através do desempate por grandes penalidades frente à Costa do Marfim de Drogba, Kalou, e dos 'manos' Touré, já depois de terem eliminado o Gana nas Meias-Finais.
Os penaltis, aliás, viriam a revelar-se um grande problema para os marfinenses, pois ao minuto 70', Didier Drogba desperdiçou a grande oportunidade de abrir o activo e selar a vitória.
Já no prolongamento, ao minuto 95', foram os zambianos que estiveram perto do golo, após bom trabalho de Felix Katongo, que viu o irmão Christopher, atirar ao poste.
Já em cima do fim do tempo-extra, Gervinho podia ter marcado, mas Mweene evitou o pior para a sua equipa.
Nos penaltis, e já com o marcador em 7-7, Kolo Touré do Manchester City e adversário do FC Porto na próxima quinta-feira, falhou; mas do outro lado, Kalaba, ex-jogador de Sp. Braga, Gil Vicente e U. Leiria, acusou a pressão e atirou por cima.
Depois, Gervinho não queria bater o penalti, foi incentivado por Drogba e pelo seu seleccionador, mas a sua falta de confiança acabaria por revelar-se decisiva, uma vez que o avançado do Arsenal, falhou. Quem não falhou foi Sunzu, que converteu com êxito a sua grande penalidade, e fez o 8-7 favorável à Zâmbia, que se estreia assim a vencer a CAN.
É uma espécie de 'desforra' dos zambianos, pois em 1993, a sua 'geração de ouro' morreu devido a um acidente de avião no Gabão, país que acolheu a final de ontem.

Sem comentários:

Enviar um comentário