quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Há 15 anos: FC Porto 1-2 Salgueiros

A 16 de Fevereiro de 1997, um Salgueiros a lutar pelos lugares europeus, foi vencer a casa do Campeão em título FC Porto, que após vinte jornadas, estava invicto no campeonato e com quinze pontos de avanço para o segundo classificado.
Aproveitando o aniversário dessa data, o 'ConversasRedondas' recorda aqui as principais incidências da partida, recordando também, claro está, uma vitória histórica do Salgueiros nas Antas.
Estávamos então na vigésima primeira jornada do Campeonato principal de 96/97, e o Salgueiros orientado por Carlos Manuel, entrou de rompante no velhinho Estádio das Antas, surpreendo o FC Porto de António Oliveira.
A melhor prova disso, é o facto de aos vinte minutos de jogo, os salgueiristas estarem já a vencer por duas bolas a zero, graças a um golo de Abílio logo aos três minutos, e outro de Luís Carlos ao minuto dezasseis.
Inspirados por um trio composto a meio-campo por Luís Manuel, Luís Carlos e Abílio, os salgueiristas chamaram a si as despesas do jogo, surpreendo de tal maneira o FC Porto, que ao minuto 38', já os 'Dragões' haviam feito duas alterações.
Ao intervalo, António Oliveira esgotou as alterações, lançando Butorovic por troca com Artur, mas o melhor que os da casa conseguiram fazer, foi reduzir por João Manuel Pinto aos 81' minutos, numa altura em que os salgueiristas já alinhavam com apenas dez elementos, graças à expulsão de Chico Fonseca por acumulação de amarelos, ao minuto 74'.
O Salgueiros repetiu assim uma vitória histórica nas Antas, algo que não acontecia desde 1961, ano em que a turma de Paranhos também venceu por 1-2, conquistando na altura a manutenção na I Divisão.
No final da temporada 96/97, o FC Porto sagrou-se com naturalidade, Tri-Campeão Nacional, enquanto que o Salgueiros terminou o campeonato na sexta posição, falhando a qualificação para a Taça UEFA, em virtude do Boavista - acabou em sétimo - ter vencido a Taça de Portugal.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio das Antas, no Porto
Trio de Arbitragem composto por: Cunha Antunes - Árbitro Principal; Luís Ferreira e Pinto Rocha - Árbitros Assistentes.

FC Porto (4-2-3-1): Hilário; Rui Óscar (Wetl 34'), João Manuel Pinto, Aloísio e Fernando Mendes; Barroso e Zahovic; Edmilson (Mielcarski 38'), Artur (Butorovic 45') e Drulovic; Jardel.
Treinador: António Oliveira. Suplentes Não Utilizados: Wozniak e Lula.

Salgueiros (4-1-3-2): Pedro Espinha; Chico Fonseca, Milovac, Pedro Reis e Zoran; Leão; Luís Manuel, Luís Carlos (Paulinho 50') e Abílio; Toni (Renato 72') e Fernando Almeida (Nandinho 36').
Treinador: Carlos Manuel. Suplentes Não Utilizados: Jorge Silva e Miguel Simão.

Disciplina:
Amarelos: Fernando Mendes 13'; Artur 19'; Fernando Almeida 23'; Luís Carlos 28'; Chico Fonseca 34' e 74'; Toni 54'; Paulinho 70'; Zoran 82'; Milovac 90'.
Vermelhos: Chico Fonseca 74'.

Marcador: 0-1 Abílio 03'; 0-2 Luís Carlos 16'; 1-2 João Manuel Pinto 81'.

Sem comentários:

Enviar um comentário