quinta-feira, 15 de março de 2012

Liga Europa: Sporting elimina City

O Sporting está nos Quartos-de-Final da Liga Europa, mesmo tendo perdido em Manchester, frente ao City, por 3-2. A turma leonina vencia por 0-2 ao intervalo, mas os ingleses 'deram um murro na mesa' durante o segundo tempo e ficaram perto de uma reviravolta histórica na eliminatória.
Na primeira parte, os 'Leões' apostaram em defender bem e sair rápido para a contra-ofensiva, e a estratégia ia dando frutos, perante alguma apatia atacante dos 'Citizens'.
A estratégia leonina começou então a dar realmente frutos ao minuto 32': Balotelli fez falta sobre Insúa, e na conversão, Matías Fernández atirou para golo.
Nem assim o City despertou para o jogo, e o Sporting aproveitaria para fazer o segundo, alguns minutos depois: boa jogada de entendimento na direita entre Pereirinha e Izmailov, com o russo a cruzar para a área, onde apareceu Wolfswinkel a encostar para o 0-2 aos 40' minutos.
Mancini fez entrar De Jong por troca com Adam Johnson para a segunda parte, mas a mudança não produziu muito efeito numa primeira instância.
Porém, ao minuto 60', o City reduziria: sem oposição dentro da área, Agüero dominou e rematou de imediato, sem hipótese para Rui Patrício.
Sá Pinto lançou Renato Neto e Jeffrén para os lugares de Matías e Diego Capel, numa tentativa de fechar ainda mais o seu meio-campo, mas seria o brasileiro recém-entrado na partida, a 'dar' o empate aos ingleses: Agüero adiantou o esférico, Neto chegou atrasado de carrinho e derrubou o argentino. Penalti para o City, e Balotelli depois de fazer a 'paradinha', atirou a contar. Estavam decorridos 75' minutos.
A pressão inglesa intensificou-se, e o 3-2 chegou pouco depois: canto para o City, e Agüero a aparecer sozinho ao segundo poste para confirmar a reviravolta no marcador, aos 82' minutos.
De seguida, Džeko atirou de cabeça por cima, mas seria já nos últimos instantes do jogo, que os azuis de Manchester poderiam ter chegado à vitória: após um canto, Joe Hart (!) ganhou no ar a Carriço e ficou perto do golo, valendo ao Sporting, uma defesa de Patrício com a ponta dos dedos.
O Sporting ficará amanhã a conhecer o seu adversário nos Quartos-de-Final da prova, sendo certo que  não encontrará o outro Manchester, o United, que foi eliminado pelo Athletic de Bilbao.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio City of Manchester, em Manchester
Quarteto de arbitragem composto por: Tom Harald Hagen (Noruega - Árbitro Principal); Dag-Roger Nebben e Frank Andas (Árbitros Assistentes); Brage Sandmoen (Quarto Árbitro)

Man. City (4-4-2): Joe Hart; Richards, Kolo Touré, Savić e Kolarov; Adam Johnson (De Jong 45'), Yaya Touré, Pizarro (Džeko 55') e David Silva (Nasri 66'); Agüero e Balotelli.
Treinador: Roberto Mancini. Suplentes Não Utilizados: Pantilimon; Clichy, Román e Milner.

Sporting (4-2-3-1): Rui Patrício; Pereirinha, Xandão, Polga e Insúa; Carriço e Schaars; Diego Capel (Jeffrén 64'), Matías (Renato Neto 64') e Izmailov; Wolfswinkel (Carrillo 68').
Treinador: Sá Pinto. Suplentes Não Utilizados: Marcelo; Evaldo, André Santos e Rubio.

Disciplina:
Amarelos: Yaya Touré 13'; Kolarov 22'; Matías 26'; Carriço 62'; Savić 73'; Balotelli 90+3'.

Marcador: 0-1 Matías 32'; 0-2 Wolfswinkel 40'; 1-2 Agüero 60'; 2-2 Balotelli 75' G. P.; 3-2 Agüero 82'.

Sem comentários:

Enviar um comentário