quinta-feira, 8 de março de 2012

Liga Europa: Sporting vence Man. City

Um Leão com garra e determinação bateu o pé ao milionário City. Um golo de Xandão - de calcanhar! - nos primeiros minutos do segundo tempo, bastou para que a vitória ficasse em Alvalade.
Džeko e Nasri haviam dito na antevisão da partida, que não conheciam nada do Sporting, e Rui Patrício prometeu dar a resposta dentro de campo. E foi mesmo isso que aconteceu.
Depois de nos primeiros minutos ambas as equipas terem entrado algo contidas no ataque, foi João Pereira quem teve a primeira oportunidade de golo: ao minuto 9', o lateral entrou na área dos 'Citizens', e atirou para defesa apertada de Hart.
O City responderia, primeiro por Kolo Touré, que de cabeça obrigou Patrício a uma defesa quase por instinto ao minuto 12'; e depois por Barry, que atirou forte, mas para fora, com a bola a passar bem perto do poste direito.
Com um jogo muito disputado a meio-campo, não surgiram grandes oportunidades até ao intervalo, salvo um ou outro lance que animou as bancadas de Alvalade.
No segundo tempo, os ingleses até conseguiram 'assustar' primeiro, quando Kolarov tirou um cruzamento aos 48', em que a bola passou por toda a gente sem que alguém a desviasse, mas seria o Sporting a marcar: livre cobrado por Matías Fernández, que obrigou Hart a mais uma defesa apertada, e na recarga Xandão a marcar de calcanhar, já depois de ter rematado contra o guardião numa primeira tentativa.
Era o 'grito de revolta' que Alvalade esperava, com Mancini a não perder tempo e a lançar Nasri e Balotelli num espaço de quinze minutos, isto já depois de Agüero ter ficado perto do empate, logo de seguida ao golo leonino.
Antes de ver o Man. City tomar de assalto a sua área, o Sporting poderia ter resolvido o jogo, quando Wolfswinkel completamente só no interior da área, rematou sem grande convicção para encaixe fácil e seguro de Joe Hart.
Depois, foi saber sofrer: Kolarov acertou na trave de raspão aos 69'; David Silva falhou a baliza após cruzamento de letra de Balotelli aos 74'; Balotelli acertou na trave, após um canto, aos 87'; e, por último, Xandão com o corpo, evitou o empate após remate de Agüero aos 89'.
Na próxima quinta-feira, dia 15 de Março, os Leões deslocam-se a Manchester para a segunda mão, mas sem João Pereira, que viu cartão amarelo e cumprirá castigo.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio José de Alvalade, em Lisboa
Quarteto de Arbitragem composto por: Velasco Carballo (Espanha - Árbitro Principal); Yuste Jiménez e Martínez Ibañez (Árbitros Assistentes); Turienzo Alvaréz (Quarto Árbitro)

Sporting (4-3-3): Rui Patrício; João Pereira, Xandão, Polga e Insúa; Carriço, Schaars e Matías Fernández (Renato Neto 69'); Izmailov (Pereirinha 59'), Wolfswinkel e Diego Capel (Carrillo 75').
Treinador: Sá Pinto. Suplentes Não Utilizados: Marcelo Boeck; Rodríguez, Evaldo e Diego Rubio.

Man. City (4-4-2): Joe Hart; Clichy, Kompany (Lescott 13'), Kolo Touré e Kolarov; Milner, De Jong, Barry (Nasri 59') e David Silva; Agüero e Džeko (Balotelli 71').
Treinador: Roberto Mancini. Suplentes Não Utilizados: Pantilimon; Savić, Adam Johnson e Pizarro.

Disciplina:
Amarelos: Izmailov 45+1'; De Jong 45+1'; Polga 78'; João Pereira 81'; Renato Neto 85'; Kolarov 90+4'.

Marcador: 1-0 Xandão 51'.

Sem comentários:

Enviar um comentário