sábado, 7 de abril de 2012

Itália: AC Milan 1-2 Fiorentina

Em jogo a contar para a jornada trinta e um da Serie A, a Fiorentina foi hoje vencer ao terreno do Milan por duas bolas a uma, e passou a respirar um pouco melhor na tabela.
Com este resultado, a turma milanesa fica à mercê da Juventus, que caso vença o Palermo assume a liderança de forma isolada. Quanto à Fiorentina, subiu dois lugares na tabela, mantendo os mesmo cinco pontos de vantagem para a linha-de-água, uma vez que o Lecce também venceu nesta jornada.
A partida começou com um ligeiro ascendente da turma 'viola', que viu Behrami atirar muito por cima perto do minuto dez.
O Milan só chegou com perigo à baliza de Boruc à passagem do minuto 18', quando na conversão de um livre directo, Ibrahimović disparou um 'míssil', que o guardião polaco susteu com alguma dificuldade. Na recarga, Muntari atirou para fora.
O equilíbrio, que foi a nota dominante do primeiro tempo, ia-se mantendo, com o Milan a abrir o activo à passagem da meia-hora de jogo, quando Nastasić derrubou Maxi López dentro da grande área: grande penalidade para os 'rossoneri', com Ibrahimović a não perdoar e a inaugurar o marcador.
A Fiorentina respondeu também na sequência de um livre directo, com Ljajić a obrigar Abbiati a uma defesa apertada, e em cima do intervalo, Maxi López rematou cruzado com a bola a embater no poste direito da baliza de Boruc.
No segundo tempo, os forasteiros entraram decididos a mudarem o rumo dos acontecimentos, e logo aos 47', Jovetić aproveitou um passe longo de De Silvestri, para se isolar perante Abbiati e restabelecer o empate, sem grandes dificuldades.
A partida entrou depois num ritmo mais pausado, sempre com a Fiorentina mais pressionante no ataque, mas com o Milan a assumir o controlo do jogo a partir do minuto 65', vendo Maxi López andar perto do segundo golo aos 70', valendo novamente Boruc à Fiorentina, que evitou o 2-1 quase de forma milagrosa.
Delio Rossi trocou Ljajić por Amauri aos 77', dando a ideia de querer vencer a partida, enquanto que Massimiliano Allegri tirou Zambrotta e lançou Cassano aos 84', naquele que foi o regresso à competição do 'bad-boy' italiano, que esteve afastado dos relvados durante algum tempo, devido a problemas cardíacos.
Aos 89', um erro de Mexès deixou a bola para Amauri, que depois de tabelar com Jovetić, não teve dificuldades em bater Abbiati, mesmo estando pressionado por dois defensores milaneses.
Já em período de descontos, reclamou-se grande penalidade por falta de De Silvestri sobre Cassano, mas o árbitro da partida nada assinalou.
Na próxima jornada, o Milan tem uma saída complicada ao terreno do Chievo, enquanto que a Fiorentina recebe o Palermo.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio San Siro, em Milão
Árbitro Principal: Domenico Celi

AC Milan (4-4-2): Abbiati; Abate, Bonera, Mexès e Zambrotta (Cassano 84'); Nocerino, Ambrosini (Aquilani 54'), Muntari e Emanuelson (Robinho 62'); Ibrahimović e Maxi López.
Treinador: Massimiliano Allegri. Suplentes Não Utilizados: Amelia; Yepes, Gattuso e El Shaarawy.

Fiorentina (3-5-2): Boruc; Camporese (Felipe 70'), Natali e Nastasić; De Silvestri, Behrami, Kharja (Olivera 87'), Lazzari e Pasqual; Jovetić e Ljajić (Amauri 77').
Treinador: Delio Rossi. Suplentes Não Utilizados: Neto; Rômulo, Salifu e Marchionni.

Disciplina:
Amarelos: Ambrosini 7'; Pasqual 7'; Bonera 10'; Nastasić 30'; Aquilani 82'; Boruc 93'; De Silvestri 94'.

Marcador: 1-0 Ibrahimović 31' G. P.; 1-1 Jovetić 47'; 1-2 Amauri 89'.

Sem comentários:

Enviar um comentário