domingo, 17 de junho de 2012

Euro 2012: Portugal 2-1 Holanda

Venham os checos! Portugal está nos Quartos-de-Final do Euro 2012, depois de ter vencido esta noite a Holanda, por 2-1. A selecção lusa qualifica-se assim na segunda posição, e vai agora defrontar a República Checa, que venceu o Grupo A.
Van der Vaart inaugurou o marcador quando estavam decorridos 11' minutos, mas um bis de Ronaldo, aos 28' e 74', selaram o triunfo de Portugal.
Os holandeses entraram mais pressionantes perante a expectativa portuguesa, e quando pouco passava dos primeiros dez minutos de jogo, Van der Vaart com um remate colocado abriu o activo.
A resposta de Portugal surgiu pouco depois, por intermédio de Ronaldo, que arrancou pelo lado esquerdo, e viu o seu remate embater na base do poste direito da baliza de Stekelenburg.
O mesmo Ronaldo que aos 23', obrigou Stekelenburg a uma boa defesa após um golpe de cabeça, e que aos 28', isolado de forma magistral por João Pereira, empatou a partida, devolvendo o sorriso aos portugueses.
Ronaldo continuava imparável, e aos 33' minutos, tentou o golo de longe, proporcionando nova defesa apertada a Stekelenburg.
Portugal era dono e senhor do jogo, a Holanda não se via, e estava completamente partida, pois a sua fortíssima zona de ataque, raramente tinha a bola, e a sua zona defensiva, 'tremia' a cada ataque tuga. O intervalo chegou com naturalidade e já numa fase mais calma do jogo, sempre com domínio territorial luso, mas sem oportunidades claras de golo.
A segunda parte começou com um ritmo mais lento e pausado, o que naturalmente retirou algum interesse ao jogo, mas com os holandeses a tentarem criar perigo através de lances de bola parada.
A resposta portguesa surgiu por Postiga, que antes de ceder o lugar a Nélson Oliveira, desviou um remate de Ronaldo para o fundo da baliza, mas estava em posição ilegal.
Foi já com Nélson Oliveira em campo, que Portugal ficou perto do 2-1 aos 66', quando num rápido contra-ataque, Ronaldo assistiu Coentrão, e o esquerdino rematou para defesa apertada de Stekelenburg.
Aos 72', foi Nani, que também assistido por Ronaldo, e com a baliza escancarada para consumar a reviravolta no marcador, atirou contra o guardião holandês.
Portugal tanto ameaçou, que lá acabou por marcar dois minutos depois, agora com os papeis invertidos: Nani assistiu, Ronaldo sentou Van der Wiel e encostou para o 2-1.
Aos 80', após um canto, Bruno Alves assistiu Nélson Oliveira, que rematou fraco e à figura de Stekelenburg, e na resposta, Van der Vaart teve um espectacular remate em arco, que embateu em cheio no poste da baliza de Rui Patrício.
Quatro minutos devolvidos, Huntelaar apareceu pela primeira vez em jogo, com um remate forte que passou pouco ao lado da baliza portuguesa, e que antecedeu mais um remate de Ronaldo ao poste, quando o cronómetro estava em cima do minuto noventa.
Portugal somou desta forma seis pontos em nove possíveis, qualificando-se no segundo lugar do grupo, e vai agora quinta-feira, discutir com a República Checa, a passagem às Meias-Finais.
Este é também um dia histórico para o desporto português, uma vez que além da qualificação da selecção para os Quartos-de-Final do Euro, o automobilista Pedro Lamy, venceu o 24 Horas Le Mans na categoria GTE-AM, e o ciclista Rui Costa, venceu a Volta à Suiça em bicicleta.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio Oblast Sports Complex Metalist, em Kharkiv - Ucrânia
Equipa de arbitragem composta por: Nicola Rizzoli (Árbitro Principal - Itália); Renato Faverani, Paolo Tagliavento e Andrea Stefani (Árbitros Assistentes - Itália); Martin Atkinson (Quarto Árbitro - Inglaterra)

Portugal (4-3-3): Rui Patrício; João Pereira, Pepe, Bruno Alves e Fábio Coentrão; Miguel Veloso, João Moutinho e Raúl Meireles (Custódio 72'); Nani (Rolando 87'), Hélder Postiga (Nélson Oliveira 64') e Cristiano Ronaldo.
Treinador: Paulo Bento. Suplentes Não Utilizados: Beto e Eduardo; Ricardo Costa, Miguel Lopes, Rúben Micael, Hugo Viana, Varela, Quaresma e Hugo Almeida.

Holanda (4-2-3-1): Stekelenburg; Van der Wiel, Mathijsen, Vlaar e Willems (Afellay 67'); Nigel de Jong e Van der Vaart; Sneijder, Van Persie e Robben; Huntelaar.
Treinador: Bert van Marwijk. Suplentes Não Utilizados: Vorm e Krul; Heitinga, Boulahrouz, Bouma, Schaars, Van Bommel, Strootman, Kuyt, Luuk de Jong e Narsingh.

Disciplina:
Amarelos: Willems 51'; Van Persie 69'; João Pereira 90+2'.

Marcador: 0-1 Van der Vaart 11'; 1-1 Cristiano Ronaldo 28'; 2-1 Cristiano Ronaldo 74'.

Sem comentários:

Enviar um comentário