quarta-feira, 11 de julho de 2012

Rui Alves ameaça extinguir Nacional

(Danielson e Claudemir festejam o segundo golo do Nacional, na última jornada de 11/12.)
É mais uma declaração radical de Rui Alves, presidente do Nacional, que desta vez ameaça extinguir o clube - vai para a décima primeira temporada consecutiva no primeiro escalão - fruto dos cortes financeiros no desporto, promovidos pelo Governo Regional madeirense.
O dirigente alvinegro, disse em declarações à rádio 'Antena 1', que está a pensar em abandonar o dirigismo ainda antes da temporada começar, e que juntamente com os restantes elementos da direcção nacionalista, vai ponderar a eventual extinção não só do clube, como também da SAD:
"Penso despedir-me do dirigismo desportivo ainda antes da época começar. Porventura, iremos analisar juridicamente a eventual extinção do clube e da SAD. Vamos analisar e ponderar as consequências, na certeza de que, como já adiantei, estas reuniões pareceram-me tipo Laurentino Dias, no sentido de se ouvir muito para não escutar nada."
Rui Alves foi 'mais longe', fazendo uma espécie de apelo aos dirigentes das restantes colectividades madeirenses, para que todos abandonem os projectos em que estão inseridos, referindo que as famílias madeirenses enfrentam depressões, fruto do desemprego e de terem filhos sem formação desportiva:
"Julgo que globalmente os dirigentes deviam abandonar os clubes, porque aquilo que é a depressão que acontece nas famílias madeirenses, fruto do desemprego e de dificuldades acrescidas no apoio social, acusa também a pressão de ter filhos sem formação desportiva. No meu ponto de vista, há que ter uma reação. Houve um completo autismo em relação às propostas dos dirigentes. É mentira que tenham contribuído para alguma coisa."
Recordo que na temporada 11/12, foram várias as colectividades madeirenses sem condições financeiras para deslocações ao Continente, tendo como casos mais 'mediáticos' os do Madeira SAD, no andebol, e do Machico, no voleibol, sendo que a formação machiquense acabou mesmo por desistir do campeonato, durante o decorrer da temporada.

Sem comentários:

Enviar um comentário