sábado, 2 de março de 2013

Espanha: Real volta a derrotar Barcelona

Depois de na terça-feira ter vencido em Camp Nou por 3-1 para a Taça do Rei, o Real Madrid voltou este sábado a derrotar o Barcelona, desta feita para a Liga.
Os merengues, com Ronaldo e outros titulares no banco, e com Pepe a trinco, venceram por 2-1, depois de terem estado em vantagem por 1-0.
Esperava-se um jogo aborrecido, e foi nesta toada que logo aos seis minutos a formação da casa chegou ao golo por Benzema, após assistência de Morata.
O Barça procurou reagir, e embora sem criar oportunidades para marcar, apoderou-se da bola e acercou-se da baliza merengue. Ao minuto 18', Messi teve espaço para progredir, e com a marcação de Sergio Ramos, rematou para o empate.
Até ao intervalo, destaque apenas para um cabeceamento do jovem Morata à malha lateral.
Messi 'reapareceu em público' este sábado em Madrid, e teve uma boa chance para fazer o 1-2 logo nos primeiros minutos do segundo tempo, acabando por consentir o corte da defensiva blanca.
Mourinho respondeu com Khedira e Ronaldo em simultâneo, e o internacional luso acertou com duas bolas nos ferros na marcação de dois livres directos, um dos quais aos 88' minutos.
Antes disso, já o jogo tinha entrado numa fase mais durinha, com Pérez Lasa a ser 'obrigado' a usar os cartões, neste caso o amarelo, para impedir uma futura 'guerra' dentro de campo.
Num jogo tão morno e parado, seria um lance de bola parada a resolver a contenda a sete minutos dos noventa: canto de Modrić, Sergio Ramos a saltar mais alto que toda a gente, e a fazer o 2-1 para o Real Madrid.
Em desvantagem, um Barcelona claramente em crise, pelo menos anímica, foi 'para cima' do Real à procura do empate, e no último minuto de compensação ficou a pedir penalti: Adriano entrou na área e foi derrubado por Sergio Ramos.
Pérez Lasa fechou os olhos, o Real venceu e sucedeu-se uma dura 'luta verbal': Iniesta protestou, Piqué pediu para 'prenderem' o árbitro, e Valdés foi mais longe que os colegas, acabando expulso.
A vida em Barcelona não está fácil, e a Liga dos Campeões está por um fio, depois da derrota clara sofrida em Milão, frente ao AC Milan. Ainda sobre a Liga dos Campeões, o Real Madrid decide na próxima terça-feira o seu futuro na prova.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio Santiago Bernábeu, em Madrid - Espanha
Árbitro Principal: Pérez Lasa

Real Madrid (4-3-3): Diego López; Essien, Varane, Sergio Ramos e Fábio Coentrão (Arbeloa 69'); Pepe, Kaká (Khedira 57') e Modrić; Callejón, Benzema (Ronaldo 57') e Morata.
Treinador: José Mourinho. Suplentes Não Utilizados: Adán; Ricardo Carvalho, Özil e Higuaín.

Barcelona (4-3-3): Valdés; Dani Alves, Piqué, Mascherano e Jordi Alba; Busquets, Iniesta e Thiago Âlcantara (Tello 85'); David Villa (Alexis Sánchez 67'), Messi e Pedro (Adriano 77').
Treinador: Jordi Roura. Suplentes Não Utilizados: Pinto; Puyol, Alex Song e Fàbregas.

Disciplina:
Amarelos: Sergio Ramos 51'; Jordi Alba 55'; Piqué 58'; Fábio Coentrão 61'; Thiago Âlcantara 64'; Morata 68'; Dani Alves 90+1; Arbeloa 90+2'; Iniesta 90+2'; Valdés 90+4'.
Vermelhos: Valdés - Final do jogo.

Marcador: 1-0 Benzema 06'; 1-1 Messi 18'; 2-1 Sergio Ramos 83'.

Sem comentários:

Enviar um comentário