sábado, 22 de dezembro de 2012

Moreirense e Académica: Três felizes coincidências

(Nivaldo parece fugir a Wagner, durante o Moreirense - Académica do campeonato.)
O mundo do futebol, por vezes, é feito de muitas e várias coincidências. Como aquelas que aconteceram esta semana em Moreira de Cónegos, não por uma ocasião, mas sim por duas: primeiro para o campeonato, e depois para a Taça da Liga, Moreirense e Académica empataram a duas bolas.
Mas as coincidências não se ficam por aqui: se no jogo a contar para o campeonato, o Moreirense esteve a vencer por 2-0 e deixou-se empatar aos 90+3'; no jogo para a Taça da Liga, a Briosa esteve a vencer por 2-0 e acabou por consentir o empate aos...90+3'.
Uma das coisas com as quais o jogo não coincidiu foi com o marcador registado ao intervalo: no domingo, a turma da casa vencia por 2-1; na quarta-feira, a Académica vencia 'apenas' por 1-0.
Entre os marcadores dos golos, destaque para Ghilas que marcou três dos quatro golos apontados pelos axadrezados nos dois jogos, com claro destaque para o bis na Taça da Liga. Wagner havia marcado juntamente com o francês para o campeonato.
No lado da Briosa, quatro jogadores diferentes apontaram os quatro golos: Edinho e Cissé, curiosamente dois pontas-de-lança,  marcaram para o campeonato; enquanto que Halliche e Wilson Eduardo marcaram na segunda taça mais 'importante' do nosso calendário.
Em jeito de brincadeira, até se poderia dizer que Moreirense e Académica 'combinaram' tudo isto, mas o que é certo é que tudo não passou de uma feliz coincidência. Perdão, três felizes coincidências.

Sem comentários:

Enviar um comentário