quinta-feira, 25 de abril de 2013

Liga Europa: Benfica em desvantagem

O Benfica perdeu esta noite em Istambul, frente ao Fenerbahçe, por uma bola a zero, e ficou assim em desvantagem nas Meias-Finais da Liga Europa.
Talvez com a exibição ofensivamente mais desinspirada de 2013, o Benfica deu praticamente noventa minutos de avanço a uns turcos, que se mostraram sempre perigosos e com elevado rigor táctico. O resultado até pode pecar por escasso, tendo em conta que a equipa onde alinha Raúl Meireles - titular hoje -, enviou três bolas aos ferros, contra uma do Benfica.
O golo de Korkmaz, aos 72' minutos, acabou por colocar justiça no resultado, face ao anterior desaproveitamento da equipa azul e amarela.
Jorge Jesus surpreendeu ao apostar em Aimar como titular, e viu a sua equipa entrar bem na partida, com a tranquilidade necessária para ser a primeira equipa a importunar o guardião adversário: Salvio colocou Demirel à prova, e de seguida, Aimar rematou ao lado após passe de Cardozo.
Estavam decorridos pouco mais de dez minutos, e o Benfica baixaria de intensidade a ponto de começar a cometer falhas que, por infelicidade turca, não resultaram em males maiores: primeiro, Moussa Sow não aproveitou um passe errado de Matic, e rematou ao lado; e depois, seria Pierre Webó a cabecear com estrondo à trave, após erro de Jardel.
Inconsequente no ataque, os encarnados viam Salvio sem bola, e Ola John praticamente 'fora do jogo'. Com uma exibição bastante apagada, o holandês 'apareceu' em cima do intervalo para cometer uma grande penalidade de forma infantil. Felizmente para ele e para o Benfica, o brasileiro Cristian atirou ao poste direito da baliza de Artur, e saiu em lágrimas para o balneário.
Findo o primeiro tempo, os turcos ganhavam pelo menos no número de bolas enviadas aos ferros, embora também lhes faltasse maior clarividência na hora de atacar e finalizar.
Gaitán 'saltou' para o jogo no início do segundo tempo, com Aimar a ficar nas cabines, mas seriam os turcos a criarem novamente perigo, primeiro por Cristian e depois por Raúl Meireles, sempre com Artur no caminho dos remates.
Um Fenerbahçe muito forte em todos os sectores, voltaria a atirar ao poste, desta vez por Dirk Kuyt, que aos 51' minutos e dentro de área, rodou e rematou ao ferro.
Este '3-0' em bolas nos ferros, seria reduzido pouco depois por Gaitán, que ficou perto de assinar um belo golo após remate em arco na zona central do terreno. Jesus lançou Rodrigo pouco depois, fazendo sair Ola John, mas o hispano-brasileiro também acrescentaria pouco à partida.
E foi quando a partida já estava nos vinte minutos finais e a entrar numa toada muito mais morna, que o Fenerbahçe marcou: canto mal dado por Milorad Mažić, e Korkmaz ao segundo poste a cabecear entre dois colegas seus, após corte disparatado de Melgarejo 'para trás'. Jardel ainda tirou a bola de dentro da baliza, mas o golo seria válido.
A perder, o Benfica não mostrou muitos argumentos e muita 'vontade' para empatar, acabando por ter o seu lance mais perigoso numa saída rápida para o ataque, com a bola a cair na esquerda em Cardozo, e com este a deixar-se desarmar por um turco.
Nota final para a saída por lesão do médio português Raúl Meireles, que aos 64' minutos foi substituído por Salih Ucan, e está em duvida para o jogo de Lisboa.
O resultado, apesar de ser sempre negativo, está perfeitamente ao alcance de ser 'virado', com a segunda mão a disputar-se no próximo dia 1 de Maio, na Luz. Porém, antes, há o Marítimo no caminho dos encarnados.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio Şükrü Saraçoğlu, em Istambul - Turquia
Quarteto de arbitragem composto por: Milorad Mažić (Árbitro Principal - Sérvia);

Fenerbahçe (4-5-1): Volkan Demirel; Gönül, Korkmaz, Yobo e Reto Ziegler; Topal e Raúl Meireles (Salih Uçan 64'), Kuyt, Cristian (Şahin 86') e Moussa Sow (Krasić 87'); Pierro Webó.
Treinador: Aykut Kocaman. Suplentes Não Utilizados: Günok; İrtegün, Topuz e Şentürk.

Benfica (4-5-1): Artur; Maxi Pereira, Garay, Jardel e Melgarejo; Matic, André Gomes (Carlos Martins 81'), Salvio, Aimar (Gaitán 45') e Ola John (Rodrigo 64'); Cardozo.
Treinador: Jorge Jesus. Suplentes Não Utilizados: Paulo Lopes; Roderick, Urreta e Lima.

Disciplina:
Amarelos: André Gomes 31'; Cristian 37'; Aimar 37'; Maxi Pereira 41'; Ola John 45'; Topal 50'; Pierre Webó 90'.

Marcador: 1-0 Korkmaz 72'.

Sem comentários:

Enviar um comentário