quinta-feira, 4 de abril de 2013

Liga Europa: Benfica vence Newcastle

O Benfica venceu esta noite o Newcastle por 3-1, e ganhou uma vantagem importante e significativa para o jogo da segunda mão, na próxima semana, em Saint James Park.
As Meias-Finais da Liga Europa estão perto, e depois de um golo de Cissé aos 13' minutos, de duas bolas nos postes da baliza de Artur, e do empate aos 27' por Rodrigo, o Benfica resolveu o jogo na segunda parte e em poucos minutos, por intermédio de Lima e Cardozo.
Os encarnados entraram determinados, fortes e agressivos como de costume, perante um Newcastle que se apresentou no relvado da Luz sem grandes surpresas, e a tentar aproveitar os espaços concedidos nas costas pela defesa encarnada. E logo aos dois minutos, Cissé desaproveitou a primeira ocasião criada sobre esse 'espaço', atirando à figura de Artur.
Porém, cerca de dez minutos depois, Sissoko, lançado por Simpson, cruzou para o interior da área, onde voltou a aparecer Papiss Cissé, desta vez com sucesso, antecipando-se a Luisão para fazer o primeiro golo da noite.
Ao Benfica, faltava furar o primeiro 'bloco defensivo' dos 'Magpies', composto por Marveaux, Cabaye e Jonas Gutiérrez. E quando os da casa começavam a tentar furar no ataque, aos 23' minutos, Jonas irrompeu pela esquerda e cruzou para Cissé, que voltando-se a antecipar à defensiva encarnada, cabeceou ao ferro.
O Benfica era, por esta altura, pode-se dizê-lo, uma equipa ligeiramente à deriva dentro de campo, e quando parecia entrar definitivamente nos caminhos da perdição, empatou: André Almeida deixou para Cardozo, o paraguaio rematou forte para defesa de Krul, e na recarga, Rodrigo empatou.
A partir daqui, os encarnados cresceram, e Krul brilhou: aos 27' minutos negou o golo primeiro a André Gomes, e depois a Ola John; aos 36', defendeu quase por instinto a tentativa de Rodrigo; e aos 40', negou o golo a Matic, depois de uma boa cabeçada do sérvio.
O primeiro tempo acabaria pouco depois, e para o segundo tempo, esperava-se uma entrada forte e mais concentrada do Benfica.
Num momento de algum relaxamento, talvez por o jogo estar a começar, os encarnados viram Marveaux lançar Cissé com um passe fantástico, e o senegalês fazer um chapéu perfeito a Artur. Tão perfeito, que acabou por bater no poste.
A Luz gelou naquele momento, e aos 56' minutos ficou pertíssimo de explodir, quando Cardozo não 'adivinhou' o cruzamento de Rodrigo, originando um 'bruá' em todo o estádio.
Cardozo não marcou, mas continuou em campo, entrando Lima por troca com Rodrigo. E seria Lima a assinar a reviravolta no marcador aos 65' minutos, aproveitando uma asneira de Santon, que ao tentar atrasar a bola para Krul, colocou-a nos pés do avançado brasileiro, que só teve de ultrapassar o guardião holandês e encostar para o 2-1.
Agora sim, a Luz explodia em definitivo, e o Benfica passava para a frente da partida e da eliminatória. E não demoraria muito a aumentar essa vantagem, uma vez que três minutos, Steven Taylor jogou a bola nitidamente com o braço dentro da área, e Cardozo não perdoou. À segunda. Porque a primeira foi repetida, alegadamente por 'invasão da área'.
O 4-1 podia ter aparecido por duas ocasiões, primeiro por Gaitán e depois por Lima, mas não apareceu. Os 'Magpies' também não apareceram em termos ofensivos no segundo tempo, excepção feita ao tal chapéu de Papiss Cissé logo nos primeiros instantes da etapa complementar.
A segunda mão joga-se já na próxima quinta-feira, dia 11, e o Benfica parte com uma vantagem segura e tranquila, a caminho das Meias-Finais.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio da Luz, em Lisboa
Quarteto de arbitragem composto por: Antony Gautier (Árbitro Principal - França); Cyril Gringore e Fredji Harchay (Árbitros Assistentes); Guillaume Debart (Quarto Árbitro)

Benfica (4-4-2): Artur; André Almeida, Luisão, Garay e Melgarejo; Matic, Ola John, André Gomes (Enzo Pérez 61') e Gaitán; Rodrigo (Lima 61') e Cardozo (Maxi Pereira 77').
Treinador: Jorge Jesus. Suplentes Não Utilizados: Paulo Lopes; Roderick, Aimar e Urreta.

Newcastle (4-5-1): Tim Krul; Simpson (Gosling 83'), Steven Taylor, Yanga-Mbiwa e Santon; Cabaye, Marveaux (Ameobi 81'), Perch (Anita 61'), Sissoko e Jonas Gutiérrez; Papiss Cissé.
Treinador: Alan Pardew. Suplentes Não Utilizados: Elliot; Campbell, Williamson e Obertan.

Disciplina:
Amarelos: Perch 20'; Rodrigo 29'; Enzo Pérez 73'; Ameobi 87'.

Marcador: 0-1 Papiss Cissé 13'; 1-1 Rodrigo 24'; 2-1 Lima 65'; 3-1 Cardozo 71'. G. P..

Sem comentários:

Enviar um comentário