segunda-feira, 3 de outubro de 2011

II Divisão: 4ª Jornada

(Sp. Espinho 2-0 Boavista - autoria: "Boavista Até Morrer")
Na II Divisão, a jornada quatro não teve muitas 'novidades', sendo que as maiores surpresas dos respectivos campeonatos estão a ser Ribeira Brava (Zona Norte), SJ Vêr (Zona Centro) e E. V. Novas (Zona Sul).
Na Zona Norte, os madeirenses do Ribeira Brava, recém-promovidos à II Divisão, continuam a liderar a prova de forma isolada, tendo vencido ontem o Mirandela por duas bolas a uma, somando agora dez pontos.
Na segunda posição, surge agora o candidato Varzim que venceu em Vizela por uma bola a zero, e soma agora oito pontos, mais um que um grupo de quatro equipas, composto por Macedo de Cavaleiros, Fafe, Lousada e Tirsense.
Macedo e Lousada empataram a dois golos; o Fafe perdeu em casa com o Ribeirão por 0-2, naquele que foi o primeiro triunfo dos visitantes; enquanto o Tirsense recebeu e venceu o último classificado Merelinense, por duas bolas a zero.
Um dos maiores destaques pela negativa, continua a ser o Chaves, o maior candidato à subida, que empatou a zero golos em casa, frente ao Limianos, e soma apenas uma vitória em quatro jogos. O Famalicão averbou a primeira vitória no campeonato, tendo batido em casa, o Camacha por 2-0; enquanto a Oliveirense empatou a duas bolas frente ao Marítimo B, no seu próprio estádio.
Na Zona Centro, o Tondela recebeu e goleou o Padroense por 5-2 e continua a ter um parceiro 'improvável' na frente da prova: o recém-promovido SJ Vêr, que venceu no seu terreno o Anadia por 2-1, e soma doze pontos em doze possíveis.
Na terceira posição surge o Sp. Espinho, que recebeu e venceu o Boavista por 2-0, e soma agora dez pontos, mais três que o trio que ocupa a quarta posição: Anadia, Gondomar e Operário.
Os gondomarenses empataram a uma bola com o Amarante, enquanto o Operário venceu em casa os também açorianos do Madalena, por duas bolas a uma. Noutros jogos, o Angrense somou a primeira vitória, goleando em casa o Paredes por 4-1; o Aliados de Lordelo também goleou por 4-1 o Cinfães e somou também o primeiro triunfo, à semelhança do que aconteceu com o Coimbrões, que venceu em casa o Ol. do Bairro, por duas bolas a uma.
Na próxima quarta-feira, 5 de Outubro, Coimbrões e Madalena acertam calendário, em jogo de atraso referente à segunda jornada. O Madalena é último classificado com zero pontos somados.
Finalmente, a Sul, o Torreense divide a liderança com o E. V. Novas, outro recém-promovido ao terceiro escalão. O Torreense goleou o Monsanto, em casa deste, por 5-2; enquanto o Estrela venceu em casa do Pinhalnovense por 2-1. Ambos somam dez pontos.
Na terceira posição surgem Carregado, Oriental e Sertanense com sete pontos, sendo de destacar a vitória do Oriental no terreno do Louletano por uma bola a zero. O Carregado recebeu precisamente o Sertanense, e levou a melhor, vencendo por duas bolas a uma.
O Fátima, grande candidato à subida, recebeu e venceu o 1º de Dezembro por 1-0, e soma agora seis pontos, aproveitando a derrota do Pinhalnovense e o empate do Moura em casa do Mafra a um golo, para subir à sexta posição.
O Juv. de Évora recebeu e venceu o Caldas por uns expressivos 3-0, e somou a primeira vitória no campeonato, enquanto o At. Reguengos somou o primeiro ponto da época, ao empatar em casa frente ao Tourizense. Os alentejanos continuam 'isolados' na última posição.
A quinta jornada da II Divisão disputa-se no próximo domingo, 9 de Outubro.

Sem comentários:

Enviar um comentário