quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Liga dos Campeões: FC Porto empata em casa

O FC Porto empatou esta noite frente ao APOEL, no Estádio do Dragão, a uma bola e desperdiçou uma soberana ocasião para assumir a liderança isolada do Grupo G, uma vez que Shakhtar e Zenit empataram a duas bolas.
A turma da casa abriu o marcador aos 13' minutos por intermédio de Hulk na conversão de um livre directo. Chiotis, guarda-redes do APOEL deu um autêntico 'frango' e ajudou a equipa portista, que não tinha tido grandes oportunidades até então.
O Dragão respirou fundo e pensava-se que o jogo estava 'desbloqueado', mas aos 19' minutos, Aílton após um excelente trabalho individual apontou o golo do empate.
O APOEL com os portugueses Hélio Pinto e Nuno Morais de início e ainda com os nossos bem conhecidos Kaká (ex Braga e Académica), Marcinho (ex Marítimo) e Manduca (ex Marítimo e Benfica), teve uma boa oportunidade para dar a cambalhota no marcador ainda na primeira parte, mas o cabeceamento de Oliveira passou a centímetros da baliza de Helton.
A resposta portista na segunda parte não surgiu, com Guarín, Moutinho e James muito apagados, e só graças às investidas de Hulk, o Porto ameaçava. Diagonal para dentro e remate para fora. Por duas vezes.
Vítor Pereira lançou Varela e Belluschi por James e Fernando e a equipa deu alguns sinais de melhorias, não muitos, é certo, e dos pés de Varela saiu um cruzamento 'venenoso', ao qual Kléber não chegou por pouco.
Defour, a última substituição no Porto e que entrou para o lugar de Moutinho, teve também ele uma boa ocasião para marcar, mas atirou contra um defensor cipriota.
Já sobre o apito final, o APOEL não venceu o jogo porque Helton não deixou, pois Adorno apareceu isolado frente ao guardião brasileiro na sequência de um contra-ataque rapidíssimo, mas o capitão dos portistas com a sua agilidade habitual, fez uma intervenção enorme, que negou o 1-2.
Fechada a primeira volta, o APOEL lidera o grupo com cinco pontos, contra quatro do Zenit e do FC Porto, e contra dois do Shakhtar.
Dia 1 de Novembro, o FC Porto desloca-se a Nicósia, precisamente para enfrentar o APOEL, e está quase 'obrigado' a vencer.

Sem comentários:

Enviar um comentário