quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Recordar: Varzim 3-1 Canedo

Durante as temporadas 04/05 e 05/06, a terceira eliminatória da Taça de Portugal disputou-se no dia 5 de Outubro, por sinal, feriado no nosso território.
Em 05/06, quis o sorteio que o Canedo, então na III Divisão, se deslocasse ao terreno do Varzim, que militava na Liga de Honra, e continha dois jogadores no seu plantel que haveriam de jogar no Mundial 2006 por Angola: Figueiredo e Mendonça. Entre outros, estava também o internacional luso, Eliseu.
A partida disputou-se a 5 de Outubro de 2005, e o Varzim entrou praticamente a ganhar, com um golo do brasileiro Cícero, que à entrada da área, e na transformação de um livre directo, 'fuzilou' autenticamente o guarda-redes canedense.
Os poveiros, a jogarem em casa e perante um adversário da III Divisão, passaram grande parte do primeiro tempo a 'massacrar' por completo o Canedo, pecando na finalização, muito por culpa de um inspiradíssimo Carlos Magalhães, guarda-redes dos forasteiros.
Quem não marca, sofre, e à beira do intervalo, eis que o Canedo empata a partida. Paulinho, ainda longe da baliza de Rui Barbosa, disparou um dos 'seus' misseis e fez um golão, fazendo também o 'impossível' e o 'impensável': o Canedo estava agora empatado na Póvoa!
No segundo tempo, a partida arrefeceu e com a entrada do uruguaio Hector Rodrigo, o Canedo ficou mais activo na frente de ataque, sendo que seriam mal assinalados dois foras-de-jogo ao avançado canedense.
A turma canedense teve ainda na cabeça de Pedrinho uma oportunidade 'escandalosa' para dar a volta ao marcador já sobre o minuto 90', mas o extremo rematou para uma boa defesa de Barbosa.
No prolongamento, e aproveitando o desgaste do adversário, o Varzim acabaria por resolver facilmente a partida, com dois golos de Pedrinho, na altura um produto da formação, hoje, jogador do Lorient da principal liga francesa.
O que fica para a história, é o facto do Canedo ter escrito neste jogo uma das mais bonitas páginas da sua história, pois não é 'todos os dias' que se leva uma eliminatória contra uma equipa profissional a prolongamento...
(Sandro desarma com grande estilo um atacante varzinista.)
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio do Varzim Sport Club, na Póvoa de Varzim
Quarteto de Arbitragem composto por: Cosme Machado (Árbitro Principal); Fernando Pereira e Álvaro Mesquita (Árbitros Assistentes); Francisco Peixoto (Quarto Árbitro)

Varzim (4-3-3): Rui Barbosa; Nuno Ribeiro, Alexandre, Bruno Miguel e Telmo; Pedro Santos (Rafael 59'), Emanuel e Anderson Lázaro; Eliseu (Pedrinho 70'), Cícero e Costé (Rui Miguel 97').
Treinador: Horácio Gonçalves. Suplentes Não Utilizados: Ricardo; Tiago Lopes, Campinho e Joca.

Canedo (4-3-3): Carlos Magalhães; João Carlos (Hector Rodrigo 72'), Sandro, Jardel e Paulinho; Neves, Zé Tó e João Paulo (Márcio 63'); Nuno Velha, Nuno Pinto (Pedro Miguel 79') e Pedrinho.
Treinador: Albertino Oliveira. Suplentes Não Utilizados: Sérgio; Clemente, Bruno Joel e Telmo.

Disciplina:
Amarelos: Costé 03'; Cícero 43'; Eliseu 51'; Pedro Santos 57'; João Carlos 61'; Pedrinho 74'; Nuno Velha 90';

Marcador: 1-0 Cícero 11'; 1-1 Paulinho 44'; 2-1 Pedrinho 103'; 3-1 Pedrinho 117'.

Sem comentários:

Enviar um comentário