quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

CAN 2013: Marrocos, Zâmbia e Tunísia falham Quartos

(Zâmbia e Burquina Faso empataram sem golos, resultado que eliminou os zambianos da CAN.)
Marrocos, Zâmbia e Tunísia são apontados pelos 'experts' na matéria, como os grandes ausentes dos Quartos-de-Final da CAN 2013, que se disputam no próximo fim-de-semana.
No Grupo A, a qualificação da África do Sul como líder não surpreende ninguém, mas o segundo lugar de Cabo Verde que atirou com Marrocos para a terceira posição e para 'casa', surpreende e de que maneira. Os cabo-verdianos fizeram cinco pontos, tantos quanto os anfitriões da prova - África do Sul -, e superaram-se não só a Marrocos - três -, mas também a Angola - apenas um.
No Grupo B, o favorito à vitória, Gana, ultrapassou o seu grupo sem dificuldade e com Atsu do FC Porto em destaque - duas vezes titular e um golo -, sendo seguido pelo Mali de N'Diaye (V. Guimarães) na segunda posição. Congo e Níger estão, naturalmente, fora da competição.
No Grupo C, antes de irmos aos apurados para os Quartos-de-Final, vamos ao terceiro lugar e respectiva eliminação de prova da campeã em título, Zâmbia. Os zambianos empataram por três vezes, fazendo, naturalmente, três pontos, e sendo superados pela surpreendente Burquina Faso e pela sempre candidata, Nigéria. Eliminada juntamente com a Zâmbia, foi a Etiópia que somou apenas um ponto.
No Grupo D, a Costa do Marfim dominou o grupo a seu bel-prazer, superando-se a Togo, Tunísia e Argélia. Toguenhos e tunisinos somaram ambos quatro pontos, mas quem passou em segundo foi o Togo, que eliminou assim a 'outsider' Tunísia. Em último lugar ficou a Argélia, com apenas um ponto somado.
No próximo sábado, Gana defronta Cabo Verde, enquanto que a África do Sul mede forças com o Mali. Domingo, será a vez da Costa do Marfim se bater com a Nigéria, enquanto que a Burquina Faso defrontará o Togo.
No meio de tudo isto, destaque para os regressos ao nosso País de El Adoua (Marrocos/V. Guimarães), Mateus (Angola/Nacional), M'Bola (Zâmbia/FC Porto-B), Halliche (Argélia/Académica) e Soudani (Argélia/V. Guimarães), após a eliminação das respectivas selecções.

Sem comentários:

Enviar um comentário