quinta-feira, 29 de março de 2012

Liga Europa: Sporting vence Metalist

O Sporting deu esta noite o primeiro passo rumo às Meias-Finais da Liga Europa, ao vencer o Metalist por 2-1 no Estádio de Alvalade.
Após o nulo ao intervalo, Izmailov abriu a contenda, e Insúa seguiu-lhe os passos, aumentando para 2-0 de livre, mas os ucranianos reduziriam já nos descontos, através da marcação de uma grande penalidade.
No primeiro tempo, o Sporting teve mais dificuldades do que o esperado em impor o seu jogo, acabando por ver a armada sul-americana do Metalist andar perto do golo por duas vezes: primeiro, Taison na conversão de um livre, atirou para fora; depois, Cleiton Xavier também não fez melhor.
A melhor oportunidade dos 'Leões' surgiu à beira do intervalo, quando Goryainov não segurou um livre de Matías na recarga, mas Wolfswinkel atirou fraco para a baliza.
Antes, só Carriço havia ameaçado marcar, através de um remate forte em zona frontal, mas Goryainov não teve dificuldades em encaixar.
No segundo tempo, a turma leonina entrou com outra atitude e disposta a marcar, e logo a abrir, viu Izmailov rematar para fora.
Ainda assim, foi uma espécie de aviso para o que aconteceria de seguida: aos 51' minutos, uma jogada de combinação entre Insúa e Capel, culminou com a conclusão de Izmailov, para o 1-0.
De seguida, Matías Fernández ficou perto do 2-0 em mais uma conversão de um livre directo, mas Goryainov impediu o segundo golo leonino.
Aos 63', o Sporting chegaria mesmo ao segundo golo: livre directo à entrada da área, e Insúa a disparar forte para o fundo das redes.
Alvalade explodia de alegria, mas o técnico do Metalist não perdeu tempo em trocar Devic por Cristaldo, e foi através desta troca que os ucranianos cresceram na partida, obrigando Patrício a trabalho redobrado.
Taison obrigou o guardião português a ceder canto aos 74', e na sequência desse canto, Devic proporcionou mais uma boa defesa a Patrício.
Aos 80', Sosa podia ter marcado, não fosse uma saída de Patrício a seus pés, e a resposta do Sporting surgiu por Matías aos 83', com o chileno a rematar à figura de Goryainov.
No primeiro minuto de descontos, Rui Patrício voltou a fazer uma excelente defesa, mas no seguimento da jogada, derrubou Devic. Chamado a converter a grande penalidade, Cleiton Xavier não perdoou e coloca o Metalist em posição favorável para seguir em frente na prova.
No outro jogo que interessava ao Sporting, o At. Bilbao foi vencer ao terreno do Schalke 04 por 4-2, com um bis de Llorente para os bascaínos, e outro de Raúl para os alemães.
O Sporting desloca-se a Kharkiv para a segunda mão, no próximo dia 5 de Abril.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio José de Alvalade, em Lisboa
Quarteto de Arbitragem composto por: Wolfgang Stark (Alemanha - Árbitro Principal); Jan-Hendrik Salver e Guido Kleve (Árbitros Assistentes); Manuel Grafe (Quarto Árbitro)

Sporting (4-2-3-1): Rui Patrício; João Pereira, Xandão, Polga e Insúa; Carriço (Renato Neto 72') e Schaars; Izmailov (Carrillo 79'), Matías e Diego Capel (Jeffrén 72'); Van Wolfswinkel.
Treinador: Sá Pinto. Suplentes Não Utilizados: Marcelo; Evaldo, André Martins e Diego Rubio.

Metalist (4-2-3-1): Goryainov; Villagra, Torsiglieri, Papa Gueye e Obradovic; Torres e Cleiton Xavier; Sosa (Valyayev 90+3'), Blanco (Marlos 78') e Taison; Cristaldo (Devic 65').
Treinador: Miron Markevich. Suplentes Não Utilizados: Dišljenković; Berezovchuk; Shelayev e Pshenichnikh.

Disciplina:
Amarelos: Torsiglieri 34'; Izmailov 43'; Cleiton Xavier 53'; Carriço 57'; Papa Gueye 59'; Rui Patrício 90'.

Marcador:  1-0 Izmailov 51'; 2-0 Insúa 63'; 2-1 Cleiton Xavier 90+1' G. P..

Sem comentários:

Enviar um comentário