terça-feira, 8 de novembro de 2011

Bosingwa diz não à Selecção

(Bosingwa soma 25 internacionalizações pela Selecção 'A' de Portugal.)
O lateral direito do Chelsea, José Bosingwa, 'abriu' hoje o livro relativamente à questão relacionada com a sua não-convocação para a Selecção Nacional, e em declarações exclusivas ao jornal 'A Bola', afirma não estar disponível para vestir a camisola das 'Quinas' enquanto Paulo Bento for o seleccionador.
Paulo Bento referiu que Sílvio e João Pereira oferecem mais garantias emocionais e mentais que Bosingwa, e o jogador nascido em Mbandaka - Rep. Democrática do Congo, sentiu-se 'ofendido':
"Não consigo perceber o que o seleccionador de Portugal quis dizer com questões emocionais e mentais em relação a mim, porque acho difícil um jogador chegar ao nível a que eu cheguei sendo fraco nesses pontos que ele focou. Com o devido respeito pelos futebolistas da Liga portuguesa, eu jogo no Chelsea, na Liga inglesa, para muitos a melhor do Mundo. E esta época está a correr-me muito bem, num dos campeonatos mais difíceis dos últimos anos em Inglaterra. Sinto-me ofendido e desrespeitado com estas declarações a meu respeito."
Bosingwa lembrou que 'o seu percurso na Selecção é imaculado ao contrário do do seleccionador', acrescentando também que Paulo Bento 'deixou muito a desejar enquanto futebolista':
"É com orgulho que posso dizer que tenho um trajecto imaculado ao serviço da Selecção Nacional, ao contrário do seleccionador de Portugal, que em termos emocionais e mentais deixou muito a desejar no Europeu de 2000, quando era jogador."
José Bosingwa foi 'mais longe', 'acusando' Paulo Bento de ser um 'treinador conflituoso e sem capacidades para liderar um grupo de homens', afirmando também que 'não vestirá a camisola das Quinas enquanto Paulo Bento ocupar o cargo':
"É do conhecimento público que ele é um treinador conflituoso com os seus jogadores. Por muito que me custe, enquanto o seleccionador de Portugal for este não voltarei a vestir a camisola da Selecção. Disse e repito: trata-se de um treinador conflituoso que, na minha opinião, não tem capacidade emocional e mental para liderar um grupo de homens."
Recordo que Sílvio se lesionou e Paulo Bento optou por chamar Eliseu do Málaga, tendo em vista o duplo compromisso da Selecção frente à Bósnia, tendo em vista o apuramento para a fase final do Euro 2012.

Sem comentários:

Enviar um comentário