terça-feira, 22 de novembro de 2011

Liga dos Campeões: Benfica empata e apura-se

(Fletcher prepara-se para fazer o 2-1 a favor do United.)
O Benfica empatou esta noite em Old Trafford, frente ao Manchester United, a dois golos, e apurou-se desde já para os Oitavos-de-Final, devido aos critérios do confronto directo. Lembro que os encarnados ganharam hoje vantagem no confronto com o United, e têm também vantagem com o Basileia. Entre suiços e ingleses, só um pode passar e, claro está, fazer 'companhia' ao Benfica.
Foi um grande jogo da equipa 'encarnada', que lutou muito para sair de Inglaterra com um resultado positivo e com a consequente qualificação.
Logo aos três minutos, Gaitán tentou assistir Rodrigo, mas Phil Jones desviou a bola para a sua baliza. Estava aberto o activo e estava dado o mote para um bom jogo por parte da equipa lusa.
O Manchester não tinha reacção, e apenas Nani tentava remar contra a 'maré'. Foi nesse período - sensivelmente nos primeiros vinte/vinte e cinco minutos - que o Benfica jogou melhor futebol, e ganhou motivação para a exibição que faria a partir daí.
O United cresceu, e à passagem da meia hora, após cruzamento de Nani na esquerda, Berbatov empatou de cabeça, apesar de estar ligeiramente adiantado, algo que a equipa de arbitragem não terá visto.
A primeira parte caminhou rapidamente para o fim, sem que o United ameaçasse muito, perante um Benfica mais na expectativa de 'controlar' o seu adversário.
Na segunda parte, esperava-se um maior crescimento da equipa da casa, algo que veio a acontecer, sendo que o Benfica teve uma grande contrariedade aos 55' minutos, quando Luisão sofreu uma lesão muscular.
Já com Miguel Vítor em campo, no lugar do capitão, o United daria a 'cambalhota' no marcador, após excelente cruzamento de Evra, e finalização de Fletcher, a 'dois tempos'.
Estavam decorridos 59' minutos, sendo que logo de seguida, o Benfica chegaria ao empate, após erro de De Gea que colocou a bola em Bruno César. O brasileiro 'irrompeu' pela esquerda, tentou servir Rodrigo, mas um corte defeituoso de Ferdinand, 'assistiu' Aimar para o empate a duas bolas.
O Manchester, verdade seja dita, não se encontrou mais no segundo tempo, procurando chegar à vantagem mais com o coração do que com a cabeça, tentando sempre servir-se da inspiração individual de Nani e companhia. A oportunidade mais flagrante dos ingleses, foi de Berbatov que aos 79', e já dentro de área, rematou por cima.
O Benfica encerra a fase de grupos, com uma recepção ao Otelul Galati da Roménia, no próximo dia 7 de Dezembro. Hoje, os romenos perderam 2-3 em casa, frente ao Basileia.

Sem comentários:

Enviar um comentário