sábado, 26 de novembro de 2011

AF Aveiro: Lourosa e Estarreja discutem amanhã invencibilidade na prova

(Na Jornada nove, o Lourosa recebeu e venceu o Milheiroense por três bolas a zero.)
Num fim-de-semana em que o futebol em Portugal - e não só - parece ficar marcado por grandes derbys e grandes confrontos, a I Divisão Distrital de Aveiro não foge à 'regra', e coloca frente-a-frente os dois maiores candidatos à subida: Lourosa e Estarreja.
Antes de me alongar sobre o assunto, convém dizer que ambas as equipas ainda não sofreram qualquer derrota na prova, decorridas que estão onze jornadas. O Lourosa leva seis triunfos e cinco empates, o Estarreja parece querer imitar o Manchester City, e empatou apenas uma partida, tal como os 'Citizens' fizeram até ao momento em Inglaterra.
Lourosa será amanhã local de grandes emoções, num jogo que além de poder custar a invencibilidade a uma das formações, pode afastar ainda mais os da casa na luta pela subida: é que os lusitanistas estão na terceira posição a oito pontos do líder, Estarreja. Pelo meio, surge o U. Lamas que ainda não jogou com o grande rival Lourosa, mas que foi uma das dez 'vítimas' do Estarreja, tendo perdido por 'claros' 3-0.
De Estarreja vem então o líder, que não disputa os Nacionais desde 05/06, altura em que desceu à I Divisão Distrital de Aveiro. O desejo do clube em voltar aos Nacionais, parece ter acentuado ainda mais esta temporada, apesar de não ter reforçado muito o plantel. A aposta por estes lados, é na continuidade e na formação, tal como prova o facto do treinador Sandro Botte, estar há seis temporadas consecutivas no comando da equipa sénior, tendo tido uma ligeira interrupção na temporada 09/10.
No clube desde 05/06, está o ponta de lança guineense Bonfim, que chegou ao nosso País em 02/03, para representar o Leixões, ele que tem sido o grande goleador do clube ao longo dos últimos anos.
As outras 'ameaças' vindas de Estarreja, prendem-se com a velocidade e irreverência dos extremos Carela e Jonatas, que têm atrás de si uma defesa e um meio-campo muito seguros e compactos, saltando à vista a enorme qualidade da equipa no centro do terreno: Bruno, Pedro Costa, Bruninho ou Rui Pinho são os médios mais utilizados, sendo que um deles, Bruninho, até tem alinhado como lateral esquerdo.
A defesa que apenas 'encaixou' sete golos, tem na baliza Pedro Monteiro, que ascendeu à II Divisão na temporada passada, com as cores do Oliveira do Bairro, sendo que a experiência dos centrais (Xavier/Óscar Carvalho e Gustavo) e do lateral direito Hugo Justiça, são factores importantes.
Do outro lado, a jogar em casa, está o grande candidato à subida: o Lourosa, orientado por Jorge Lima, que em duas temporadas desceu da II Divisão Nacional à I Divisão Distrital, e que tem um plantel recheado de jogadores experientes, que contam com largos anos nos Nacionais, alguns deles, até nos campeonatos profissionais, como o guarda-redes Rui Pedro, o avançado Nogueira ou médio Moisés, que chegou a representar o Varzim no escalão maior do nosso futebol.
Além destes dois nomes, os lusitanistas contam com dois centrais muito experientes, Polícia e Rui Jorge, sendo que o último deverá jogar a trinco, restando António, que apesar de jovem - 22 anos -, faz esta temporada a sua estreia nos Distritais. Nas laterais, estarão certamente Sanguedo e Ivo Oliveira, sendo que o meio-campo deverá ficar completo com Zé Paulo e Hugo - juntamente com Moisés e Rui Jorge.
Na frente de ataque, Nogueira, que chegou recentemente vindo do Leça, deverá ter a companhia de Lima, o melhor marcador da Distrital aveirense, com dez golos em onze jogos.
O Lourosa sofreu até agora cinco golos e marcou vinte e dois; enquanto o Estarreja marcou vinte e um e sofreu os já referidos sete.
A partida tem início pelas quinze horas de amanhã, e será arbitrada por Hélder Ferreira, árbitro da segunda categoria Nacional.

Sem comentários:

Enviar um comentário