sábado, 26 de novembro de 2011

Lourosa - Estarreja: Nuno Fruta e Sandro Botte lançam partida

(Sandro Botte comanda a equipa principal do Estarreja desde 06/07.)
O 'ConversasRedondas' procurou chegar à fala com elementos das duas equipas, e conseguiu.
Começando pela turma da casa, o blogue falou com Nuno Fruta, médio formado na 'cantera' lusitanista, mas que havia passado as últimas cinco temporadas ao serviço do vizinho Paços de Brandão.
O médio começou por dizer o que espera da partida, acreditando que uma vitória da sua equipa, relançará novamente o campeonato:
"Espero um jogo equilibrado e emotivo até ao fim, porque qualquer equipa o pode vencer, uma vez  que são, na minha opinião, duas boas equipas e muito equivalentes. (Em caso de derrota do Lourosa, como será o campeonato?) Ainda falta muito campeonato, uma vitória do Lourosa relançará o campeonato novamente, caso contrário, fica um pouco complicado. Mas o futebol dá muitas voltas, e tudo pode acontecer."
O Lourosa conta já com cinco empates, três deles frente a equipas mais 'modestas' e com outros objectivos na prova. Nuno Fruta refere que o campeonato é muito equilibrado, e confessa que não esperava que o Estarreja levasse já tanta vantagem sobre os mais directos adversários:
"Não esperava uma vantagem tão grande do Estarreja a esta altura do campeonato, mas este campeonato é muito competitivo, perde-se pontos quando menos se espera, e como nós já os perdermos, os nosso rivais pela subida também os podem perder. Penso que ainda está tudo em aberto, relativamente à subida de divisão."
Do lado contrário, o blogue conversou com Sandro Botte, técnico do Estarreja, que começou por dizer o que espera da partida de amanhã:
"Espero que seja um jogo bem disputado, num ambiente emotivo e perante uma boa equipa. É um jogo que vale os mesmos três pontos, mas que está mais 'mediatizado' pelo facto da distância pontual que existe entre os adversários, e sendo de conhecimento público, a grande aposta do Lourosa em subir de divisão."
Com dez vitórias em onze jogos, o Estarreja leva já sete partidas consecutivas a vencer, todas elas pela margem mínima. Sandro Botte refere que existem séries boas no futebol e que o nível de trabalho terá de ser sempre o mesmo:
"No futebol existem séries boas, sendo que o nosso trabalho diário terá de ser sempre muito, quer se ganhe, ou quer se perca."
O Estarreja conseguiu um terceiro lugar em 07/08, o segundo em 08/09, e o quarto em 09/10 e 10/11. O técnico, não considera que o clube tenha falhado a subida, uma vez que nunca assumiu candidatura a esse objectivo:
"Não considero que o Estarreja tenha falhado qualquer subida, já que o clube nunca assumiu candidaturas durante estes anos. Considero que tivemos boas equipas, principalmente nos últimos dois anos, mas que não foram suficientes para subirmos. Para os clubes, são importantes subidas sustentadas, e não subidas com descidas imediatas. Sempre tivemos orçamentos bastante rigorosos, em que mais de sessenta por cento dos jogadores eram oriundos da formação. Este ano não foge à regra, mas estamos mais fortes porque temos uma linha de continuidade, acreditamos no nosso trabalho, e vamos continuar a fazê-lo com muito rigor e seriedade. Se vamos subir ou não, no final da época todos ficarão a saber."
O 'ConversasRedondas' espera um grande jogo de futebol, sem casos e confusões extra-futebol, e que no fim, o desporto-rei seja o grande vencedor.

Sem comentários:

Enviar um comentário