terça-feira, 8 de maio de 2012

Celso: "Foi uma época muito positiva"

(Aos 38 anos, Celso não pensa em deixar de jogar futebol.)
Tal como na temporada passada, o 'ConversasRedondas' vai durante este mês e o próximo, voltar a repetir a iniciativa de dar a 'voz' a jogadores de vários clubes da II Divisão, de maneira a que cada um descreva a temporada a nível pessoal e colectivo.
O primeiro clube a ser 'destacado', é o Amarante, que na época de regresso à II Divisão, foi uma das surpresas da prova, tendo acabado na quinta posição da Zona Centro. O blogue conversou com o seu guarda-redes Celso, que aos 38 anos, foi quase sempre 'dono' da baliza amarantina.
O guardião começou precisamente por abordar a questão relacionada, com o facto do Amarante ter sido uma das surpresas do campeonato:
"O segredo foi, sem dúvida, a estrutura, que soube manter o núcleo da equipa da época anterior e acrescentar valor com os jogadores que entraram, que deram também eles um bom contributo para esta campanha fantástica que fizemos. De salientar, o bom grupo de trabalho que tinhamos, onde a união e humildade foram palavras de ordem."
Durante várias jornadas, o Amarante andou na quarta posição, chegando a ter 'condições' para se intrometer na luta pelo play-off. Celso refere que o principal objectivo sempre passou pela manutenção, e que a equipa 'apenas' queria obter a melhor classificação possível:
"O objectivo primordial sempre foi a manutenção. Não esquecer que não tivemos o melhor arranque de temporada, e que com muito trabalho e competência do grupo e estrutura directiva, soubemos dar a volta por cima e fazer um campeonato muito bom. Agora, a partir do momento em que começamos a estabilizar na tabela classificativa, e aliando resultados e boas exibições, o objectivo foi obter a melhor classificação possível, e se essa fosse o play-off tanto melhor. Não foi possível, mas não é nada que ensombre a grande época realizada."
Nos destaques da temporada, Celso voltou a mencionar o mau arranque do Amarante em termos de resultados, algo que a equipa acabou depois por conseguir superar, fazendo uma excelente época:
"O ponto baixo da época foi o seu início, onde de facto os resultados não eram de todo condizentes com as exibições. Quanto ao ponto alto, foi toda a restante temporada, que mais uma vez volto a frisar, foi excelente, pois conseguimos aliar os resultados com as boas exibições que realizamos durante todo o ano."
Celso realizou vinte e dois jogos, um deles como suplente utilizado, referindo que "foi uma época bem positiva a nível pessoal":
"A nível pessoal foi uma época bem positiva, primeiro porque consegui ser titular na maior parte dos jogos e ainda mais positiva se tornou por ter que "competir", com um excelente guarda-redes pelo lugar, o Sérgio. A certa altura da época, o Mister Arlindo Gomes optou pela rotatividade. Ainda assim, o mais positivo a retirar mesmo a nível pessoal, foi o ter feito parte de uma excelente equipa, e de ter contribuído para escrever mais uma página bonita na história do Amarante FC."
Actualmente com trinta e oito anos, Celso não pensa em pendurar as luvas:
"O futuro a Deus pertence. Fazer parte do Amarante FC foi, é e sempre será, um motivo de orgulho. Agora, vamos ver o que nos espera para a próxima época e aguardar por propostas. Uma coisa é certa, vou continuar a dignificar e dar o máximo pela camisola que envergue, sempre foi esse o meu lema, e com tão bons resultados, não faz sentido mudar."
Depois de uma longa passagem pelo FC Marco, onde esteve durante seis anos na II Divisão B, Celso mudou-se para o Covilhã, onde esteve durante quatro épocas, regressando depois ao FC Marco, de onde saiu para o Amarante a meio de 06/07, clube que representou até esta temporada.

Sem comentários:

Enviar um comentário