quarta-feira, 9 de maio de 2012

Liga Europa: At. Madrid 3-0 At. Bilbao

Triunfo justo, mas por números exagerados. Assim se fez a vitória do Atlético Madrid na final da Liga Europa, ante o Athletic Bilbao, num jogo em que os três golos madrilenos foram apontados por dois ex-jogadores do FC Porto: Falcao marcou aos 7' e 34'; Diego fechou a contagem aos 85'.
O At. Madrid entrou muito forte no jogo, obrigando os bascos a jogar mal, que foi o que aconteceu logo após os primeiros instantes, com o Bilbao a cometer vários erros na saída da bola.
Essa pressão teve os primeiros frutos, logo aos sete minutos, quando Falcao no lado direito da área trabalhou bem sobre Aurtenetxe e Amorebieta, e de pé esquerdo, abriu o activo, deixando Iraizoz sem hipótese de defesa.
Após sofrer o primeiro golo, o Athletic subiu no terreno à procura de resultados práticos, embora não tenha conseguido criar reais situações de perigo.
Ao minuto 34', um erro de Amorebieta, que tentou sair a jogar após canto contra o Bilbao, deixou a bola em Arda Turan, com o turco a servir Falcao, e este a fazer 'gato sapato' da defesa bascaína, e a atirar novamente de pé esquerdo, para o fundo das redes do Athletic.
Para o segundo tempo, Bielsa estava quase obrigado a arriscar, e a avançar ainda mais a sua equipa, fazendo entrar Ibai Gómez e Iñigo Pérez por troca com Aurtenetxe e Itturaspe.
Os bascos tomaram então conta da partida, perante um At. Madrid tranquilo e mais apostado em gerir a partida, e deixar passar o tempo.
Logo após o reatamento do jogo, Muniain quis assistir Llorente, valendo ao Atlético um corte 'in extremis' de Pereira. Tirando isto, apenas nos últimos vinte minutos, a pressão dos bascos se começou a intensificar, com Susaeta e De Marcos a andarem perto de marcar.
Como quem não marca sofre, os bascos viram Falcao atirar ao poste, falhando o hat-trick, mas acabariam mesmo por sofrer o terceiro golo, quando aos 85' minutos, Diego após jogada individual, rematou de pé esquerdo, batendo um desamparado Iraizoz.
Já em período de descontos, De Marcos do meio da rua, enviou a bola à barra, dando conta de que os bascos caíram, mas caíram de pé, perante um triunfo justo do Atlético, mas por números algo exagerados.
Falcao vence a Liga Europa pelo segundo ano consecutivo, e repete uma vez mais o título de melhor marcador da prova; enquanto que o Atlético vence o troféu pela segunda vez em três temporadas.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio National Arena, em Bucareste - Roménia
Árbitro Principal: Wolfgang Stark (Alemanha)

At. Madrid (4-2-3-1): Courtois; Fílipe Luís, Miranda, Godín e Juanfrán; Gabi e Mario Suárez; Arda Turan (Domínguez 90+3'), Diego (Koke 90') e Adrián (Salvio 88'); Falcao.
Treinador: Diego Simeone. Suplentes Não Utilizados: Asenjo; António López, Paulo Assunção e Pedro Martin.

At. Bilbao (4-3-3): Iraizoz; Iraola, Amorebieta, Javi Martínez e Aurtenetxe (Iñigo Pérez 45'); Ander Herrera (Toquero 63'), Iturraspe (Ibai Gómez 45') e Muniain; De Marcos, Llorente e Susaeta.
Treinador: Marcelo Bielsa. Suplentes Não Utilizados: Raúl; San José, Ekiza e Gabilondo.

Disciplina:
Amarelos: Ander Herrera 22'; Falcao 26'; Amorebieta 65'; Iñigo Pérez 75'; Susaeta 90+1'.

Marcador: 1-0 Falcao 07'; 2-0 Falcao 34'; 3-0 Diego 85'.

Sem comentários:

Enviar um comentário