sexta-feira, 18 de maio de 2012

Fábio Martins: "Grupo não se adaptou a Rui Correia"

(Fábio Martins realizou vinte e nove jogos na II Divisão, vinte e três deles como titular.)
O Coimbrões garantiu a permanência na Zona Centro da II Divisão, e já prepara aquela que vai ser a sua terceira participação consecutiva no terceiro escalão.
O blogue falou com Fábio Martins, médio que representa os gaienses desde 2008, e que começou por abordar o facto da temporada ter começado mal sobre a orientação de Rui Correia, que venceu apenas um dos sete jogos que realizou no campeonato:
"Vínhamos de duas épocas consecutivas de imenso sucesso com o treinador Rui França, quando chegou o mister Rui Correia. Como é natural, tinha ideias diferentes do Mister França, e tentou aplicá-las. O grupo não se adaptou, e o início de campeonato foi mau. Creio, acima de tudo, que foi uma questão de interpretação. Não conseguimos perceber a forma de pensar do Mister Correia, e quando assim é as coisas ficam complicadas. Para quem estava habituado a realizar bons jogos, principalmente em casa, foi uma decepção. Os adeptos não gostavam da nossa maneira de jogar e a moral no seio do grupo não era a melhor. A direcção tomou a decisão de mudar, mas afirmo que a culpa não era só do treinador, pois toda a gente teve responsabilidade."
Após a derrota no terreno do Padroense na sétima jornada, o Coimbrões era décimo segundo com sete pontos, fruto de uma vitória, dois empates e quatro derrotas. Rui Correia foi demitido, e para o seu lugar chegou Sérgio Ribeiro, que havia sido treinador-jogador dos gaienses em 05/06, e que tinha orientado os juniores do Leixões na temporada anterior.
Fábio Martins refere que Sérgio Ribeiro sabia exactamente o que estava mal e o que tinha de ser mudado, salientando ainda a grande 'injecção' de moral dada pelo técnico:
"O Mister Sérgio conhece muito bem a realidade do SC Coimbrões, e sabia exactamente o que estava mal, e o que tinha de mudar. Acima de tudo, era a nossa cabeça que não estava bem, porque valor temos nós. Conseguiu incutir-nos o velho espírito do clube e deu-nos uma grande injecção de moral. Somando a isto a sua qualidade técnica, os resultados vieram com naturalidade."
O médio ofensivo do Coimbrões, nomeia a vitória caseira do Boavista como um dos pontos altos da temporada, aliando isto à situação de Pedro Tavares, extremo dos gaienses que venceu um cancro no decorrer da temporada, já depois de ter alinhado em nove jogos, e ter feito dois golos:
"Ponto alto da época, foi a vitória em casa ao Boavista por 1-0, e acima de tudo, o dia em que o Pedro Tavares chegou à nossa beira e disse que estava curado. Não há palavras que descrevam a nossa alegria, todos os jogos que fizemos desde que soubemos da sua doença, era para lhe dar força. Tudo o resto era secundário. Ponto baixo, foi o dia que soubemos da doença do Pedro. Nunca mais me esqueço desse dia, tínhamos ido jogar aos Açores, chegámos e ele foi fazer testes. Quando nos deu a noticia, o balneário ficou completamente de rastos, chorávamos que nem bebés."
Fábio Martins realizou vinte e nove jogos na II Divisão, vinte e três como titular, tendo apontado dois golos, considerando que foi uma época positiva, tanto individual como colectivamente:
"Acho que a época me correu muito bem. Comecei bem, passei por um período menos bom pelo meio, mas acabei em grande forma. Foi uma época positiva, tanto individual como colectivamente."
Na próxima temporada, o médio continuará a jogar de verde e preto, num Coimbrões que terá um novo treinador - Paulo Lima, que até à data era jogador dos gaienses -, mas que lutará pelo mesmo objectivo das duas últimas temporadas, a manutenção:
"Sim, confirmo que renovei com o Coimbrões. Esta vai ser uma época estranha, já que em princípio a III divisão vai deixar de existir. Por isso, ainda estamos na expectativa, mas seguramente que o objectivo é o mesmo dos dois últimos anos: a permanência."
Fábio Martins tem vinte e cinco anos, e foi formado no Vilanovense, clube onde cumpriu os dois primeiros anos de sénior, antes de se mudar para o Coimbrões na época 08/09.

Sem comentários:

Enviar um comentário