quinta-feira, 21 de junho de 2012

Euro 2012: República Checa 0-1 Portugal

Venham as Meias! Portugal venceu a República Checa por 1-0, e qualificou-se para a semi-final do Euro 2012, estando já garantidamente entre uma das quatro melhores selecções do torneio.
O bloco checo foi desfeito à entrada para os últimos dez minutos da partida, quando Moutinho cruzou na direita de forma certeira para a cabeça de Ronaldo, que selou o resultado final.
Os primeiros trinta minutos do jogo, foram confusos. Ninguém conseguia perceber muito bem o que andavam ambas as equipas a tentar fazer. Os checos tentavam um ou outro ataque pelas alas, nada de preocupante, e Portugal não assumia o jogo.
Aos 33' minutos, Ronaldo ensaiou um dos seus momentos de génio assistido por Pepe, mas a bicicleta saiu um pouco ao lado da baliza de Cech.
A poucos minutos do intervalo, Postiga 'rasgou' e cedeu o lugar a Hugo Almeida - estreia do 'Panzer' na prova -, e foi já nos descontos do primeiro tempo, que Ronaldo voltou a ficar perto de marcar, depois de um excelente domínio de peito, seguido de uma excelente rotação, que acabou num remate devolvido pelo poste esquerdo da baliza checa.
O segundo tempo abriu praticamente com um livre de Ronaldo ao poste, a castigar falta cometida sobre o próprio. Portugal entrava por cima no jogo.
Apesar de dominar a partida a seu bel-prazer, Portugal só através de remates fora de área conseguia chegar com perigo à baliza de Cech: primeiro, foi Nani aos 57'; depois, foi Moutinho aos 63', sempre com duas boas intervenções do guarda-redes do Chelsea.
Portugal rondava a baliza checa, os checos não eram muito atrevidos na hora de atacar, mas a nós, só nos faltava o golo. Golo esse que apareceu aos 79' minutos por intermédio de uma cabeçada de Ronaldo, após cruzamento milimétrico de João Moutinho.
Portugal estava agora em vantagem, e podia ter feito o 2-0 logo de seguida, quando João Pereira apareceu bem em zona frontal, mas rematou para defesa de Cech.
Até aos descontos, o relógio passou rápido, já com Custódio e Rolando em campo no lado tuga, eles que entraram somente para tapar os caminhos para a baliza de Rui Patrício.
Já na fase final do período de compensação, e numa altura em que Cech subiu à área portuguesa para cabecear, Ronaldo podia ter acabado com o jogo - a baliza estava aberta -, mas acabou por perder a bola, após várias fintas.
Portugal vai conhecer o seu adversário das Meias Finais neste sábado, sendo certo que ele sairá do duelo entre Espanha e França.
Quarta-feira, Donetsk recebe o quinto jogo da 'equipa das Quinas' neste Europeu.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio Nacional de Varsóvia, em Varsóvia - Polónia
Árbitro Principal: Howard Webb (Inglaterra)

Rep. Checa (4-2-3-1): Cech; Selassie, Kadlec, Sivok e Limbersky; Plasil e Hubschman (Pekhart 86'); Pilar, Darida (Rezek 60') e Jirácek; Baros.
Treinador: Michal Bílek. Suplentes Não Utilizados: Lastuvka e Drobny; Suchy, Hubník, Rajtoral, Petrzela, Kolár, Necid, Rosicky e Lafata.

Portugal (4-3-3): Rui Patrício; João Pereira, Pepe, Bruno Alves e Fábio Coentrão; Miguel Veloso, João Moutinho e Raúl Meireles (Rolando 88'); Nani (Custódio 83'), Hélder Postiga (Hugo Almeida 40') e Cristiano Ronaldo.
Treinador: Paulo Bento. Suplentes Não Utilizados: Eduardo e Beto; Ricardo Costa, Miguel Lopes, Hugo Viana, Rúben Micael, Quaresma, Varela e Nélson Oliveira.

Disciplina:
Amarelos: Nani 26'; Miguel Veloso 27'; Limbersky 89'.

Marcador: 0-1 Cristiano Ronaldo 79'.

Sem comentários:

Enviar um comentário