sexta-feira, 8 de março de 2013

Fábio Faria termina carreira

(Fábio Faria, aqui ao serviço do Rio Ave frente ao Belenenses, anunciou hoje o fim da sua carreira.)
O defesa-central português Fábio Faria, de vinte e três anos, anunciou esta sexta-feira um ponto final na sua carreira de futebolista, devido a problemas cardíacos.
A 4 de Fevereiro de 2012, o jogador internacional por Portugal nos Sub-21, sentiu-se mal durante o encontro entre Moreirense e Rio Ave a contar para a Taça da Liga, e desde essa altura não voltou a jogar futebol.
Esta manhã, em conferência de imprensa na sede do Sindicato de Jogadores, Fábio Faria salientou o apoio da família nesta decisão, destacando a importância da saúde:
"Esta foi uma decisão que custou muito tomar, mas tive o apoio dos meus pais, da minha namorada, da família, do meu empresário, do Benfica, que foi excepcional, e do Rio Ave, que é o clube da minha terra. A vida é assim. Os últimos exames não correram como esperava e o mais seguro é deixar o futebol. A vida é mais importante."
Acompanhado por Luís Fílipe Vieira, por António Campos, presidente do Rio Ave, por Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato, e por Mário Figueiredo, presidente da Liga de Clubes, Fábio Faria anunciou que o seu objectivo agora é formar-se em gestão desportiva.
O jogador tem contrato com o Benfica até 2015, e teve a solidariedade do clube benfiquista, que representado pelo seu presidente, fez saber que Fábio Faria continuará a receber ordenado dos encarnados até ao fim do seu contrato, além de que no próximo domingo, será alvo de uma homenagem no Estádio da Luz, nos momentos que antecedem a partida entre Benfica e Gil Vicente.
Fábio Faria começou a jogar futebol no FC Porto, acabando depois por ingressar na formação do Rio Ave, por quem se estrearia como sénior. Deu nas vistas ao serviço dos vilacondenses e acabou por assinar contrato com o Benfica em 2010, tendo sido depois sucessivamente emprestado a Valladolid, Paços de Ferreira e Rio Ave, clube onde acabou por fazer o último jogo da sua carreira.

Sem comentários:

Enviar um comentário