quarta-feira, 27 de março de 2013

Taça de Portugal: V. Guimarães vence em Belém

O V. Guimarães foi esta noite vencer o Belenenses ao Restelo por 2-0, e está com 'pé e meio' na final da Taça de Portugal.
Num campo onde ainda ninguém tinha ganho esta temporada, o pragmatismo vitoriano foi liderado pelo jovem Ricardo, que bisou e garantiu o triunfo dos minhotos.
Porém, o resultado é 'amargo' para a formação da casa, que jogou melhor futebol, mais apoiado e de pé para pé, mas também é verdade que falhou demasiadas vezes em frente à baliza. O V. Guimarães com um futebol mais directo, chegou aos golos a meio do primeiro e do segundo tempo, dando assim um xeque-mate decisivo na partida.
Se Ricardo conseguiu resolver 'lá na frente', Douglas resolveu 'cá atrás': logo aos dez minutos, cabeceamento de João Meira e estirada do brasileiro para canto. O Belenenses que, como já disse, entrou melhor e a jogar um bom futebol, ficou novamente perto de marcar logo de seguida, quando Fernando Ferreira na sequência de um ressalto rematou para fora.
O Guimarães estava preso ao seu futebol directo, procurando jogar longo ora em Baldé, ora em Ricardo, mas seria André André a conseguir criar os primeiros calafrios à defensiva azul. Na sequência desse lance, o médio ficou a pedir penalti e Hugo Pacheco admoestou-o com o amarelo.
E à passagem do minuto 29', o futebol directo dos vimaranenses daria resultado: bola longa nas costas da defensa belenense, Nélson deixou passar, Ricardo recebeu à vontade e após um bom trabalho individual, rematou para o 0-1.
Estava desfeito o nulo, numa altura em que era notável a tentativa do V. Guimarães reagir, mas, naturalmente, o sinal mais continuava a ser do Belenenses.
A turma da casa acusou o golo sofrido e acabou por se perder um pouco no terreno durante os últimos minutos do primeiro tempo, perante um Vitória agora ainda mais tranquilo no seu reduto.
Para a segunda parte, Van der Gaag não mexeu no seu 'xadrez', mas não demoraria muito a fazê-lo na etapa complementar, uma vez que logo aos 53' minutos lançou Arsénio para o lugar do ex-vimaranense Desmarets. O extremo matosinhense veio agitar o jogo nas alas, mas seria com a entrada de Diawara aos 61' minutos, que o Belenenses 'voltaria' à partida.
Voltava o jogo fluído dos azuis do Restelo, novamente com um futebol interessante de seguir, mas com as mesmas brechas na finalização: primeiro foi Diawara de cabeça, que rematou ligeiramente ao lado; e depois foi Arsénio que com tudo para marcar, acertou na bola. Antes disso e da entrada de Diawara, havia sido Diakité a cabecear para defesa apertada de Douglas aos 58' minutos.
Falhavam os da casa, aproveitavam os forasteiros com o já referido pragmatismo: aos 76' minutos, um livre cobrado por Rafael Crivellaro a descair para a direita do ataque vimaranense, encontrou a antecipação de Ricardo a Fílipe Mendes para o 0-2.
O jogo ficava resolvido a pouco menos de quinze minutos para o seu final, com o V. Guimarães a marcar novamente numa altura em que os da casa estavam por cima na partida.
O Jamor, apesar de ser 'ao lado' de Belém, ficou literalmente mais longe para os azuis, que no próximo fim-de-semana podem festejar o regresso anunciado à I Liga.
A segunda mão desta Meia-Final disputa-se no próximo dia 17 deste mês.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio do Restelo, em Lisboa
Quarteto de arbitragem composto por: Hugo Pacheco (Árbitro Principal);

Belenenses (4-3-3): Fílipe Mendes; Duarte Machado, João Meira, João Afonso e Nélson; Tiago Silva, Fernando Ferreira e Diakité; Desmarets (Arsénio 53'), Tiago Caeiro (Diawara 61') e Fredy (Si Salem 82').
Treinador: Mitchell Van der Gaag. Suplentes Não Utilizados: Matt Jones; Kay, Alves e Fílipe Ferreira.

V. Guimarães (4-4-2): Douglas; Alex, El Adoua, Paulo Oliveira e Luís Rocha; Leonel Olímpio, André André, Tiago Rodrigues (João Ribeiro 80') e Barrientos (Crivellaro 67'); Ricardo (Machís 87') e Baldé.
Treinador: Rui Vitória. Suplentes Não Utilizados: Preto; Freire, Siaka Bamba e Jona.

Disciplina:
Amarelos: André André 27'; Fernando Ferreira 45'; Fredy 45'; Ricardo 59'; Alex 70'; Leonel Olímpio 89'.

Marcador: 0-1 Ricardo 29'; 0-2 Ricardo 76'.

Sem comentários:

Enviar um comentário