sexta-feira, 22 de março de 2013

Mundial 2014: Um ponto na mão e dois a voar

Portugal continua a claudicar no apuramento para o Mundial 2014, e pode ficar amanhã a sete pontos da líder Rússia, depois do empate de hoje a três bolas em Israel.
A formação lusa entrou praticamente a ganhar em solo israelita, mas consentiu uma reviravolta que chegou mesmo aos 3-1 a vinte minutos do fim. Postiga ainda reduziu, e Coentrão já nos últimos instantes da partida, acabou por empatar com alguma sorte à mistura.
O empate em Israel, permite a Portugal estar em igualdade pontual com o seu adversário na segunda posição, mas o primeiro, caso a Rússia vença amanhã na Irlanda do Norte, começa-se a complicar bastante.
Bruno Alves logo aos dois minutos começou por acordar um País que ainda estava meio atormentado por haver jogo oficial às 12h45: na sequência de um canto, o central saltou mais alto que toda a gente e cabeceou para o 0-1.
Portugal tentava o futebol de posse, a bola circulava por todo o seu meio-campo e até pelos extremos, mas não chegava a Postiga. Não havia produção ofensiva concludente, e as oportunidades, como é lógico, não apareciam.
Israel também não incomodava, mas ao minuto 24', uma desconcentração da defensiva portuguesa resultaria no empate: cruzamento na direita, Bruno Alves e Pepe baixaram as linhas e deixaram Hemed fazer um bonito golo 'à ponta-de-lança'.
Portugal voltou a falhar, mas desta vez no ataque: Meireles lançou Postiga, e em desequilíbrio o avançado do Saragoça rematou ao poste. Falhou Postiga e falhou novamente a zona mais recuada da equipa lusa aos 40' minutos, quando toda a gente foi atrás de Hemed e este com um toque soberbo de calcanhar, isolou Ben Basat para o 2-1.
Com Moutinho recuperado e em campo, Portugal saiu para o intervalo a perder com uma exibição pobre e enfadonha, ficando-se a queixar do árbitro, quando este não deixou João Pereira efectuar um lançamento junto à área de Israel, já para lá do minuto 45'.
A selecção das Quinas entrou com mais vontade no segundo tempo, mas só com as entradas de Carlos Martins e Vieirinha aos 60' minutos, é que a formação lusa conseguiu despertar.
Porém, dez minutos depois, de uma asneira de Bruno Alves que tentou dominar a bola de forma acrobática por duas vezes até ceder canto, nasceu o 3-1: do primeiro canto resultou um segundo, e no segundo, apareceu Gershon a aproveitar uma falha de comunicação entre Bruno Alves e Patrício, para dilatar a vantagem israelita.
A 'sorte' apareceu para Portugal dois minutos depois do 3-1, quando Vieirinha lançou Ronaldo, e o jogador do Real Madrid acelerou até à área, assistindo Postiga para o 3-2.
Paulo Bento mexeu de imediato, alargando a frente de ataque com a entrada de Hugo Almeida por troca com Bruno Alves, e foi já no balneário que o central do Zenit viu os seus colegas chegarem ao 3-3 aos 90+3' minutos: Hugo Almeida ganhou nas alturas a Aouate e desviou à barra, Shpungin tentou aliviar, mas Coentrão foi mais rápido e com a canela impediu o alívio. Impediu o alívio e introduziu a bola na baliza israelita, fazendo o empate final.
Coentrão que aos 89' minutos havia ficado perto do empate, quando apareceu a tentar concluir com êxito uma série de ressaltos na área israelita, acabando por mandar a bola de cabeça à trave.
Portugal acabou assim por salvar um ponto, deixando outros dois a voar, preparando-se agora para a deslocação ao Azerbaijão. É já na próxima terça-feira, e Ronaldo não joga.
Ficha de Jogo:

Jogo realizado no Estádio Ramat Gan, em Tel-Aviv - Israel
Quarteto de arbitragem composto por: Stéphane Lannoy (Árbitro Principal - França); Frédéric Cano e Michael Annonier (Árbitros Assistentes);

Israel (4-3-3): Aouate; Shpungin, Tibi, Ben-Haim e Gershon; Natcho, Yeini e Kayal; Melicsohn (Rafaelov 73'), Hemed (Atar 63') e Ben Basat (Benayoun 81').
Treinador: Eli Guttmann. Suplentes Não Utilizados: Harush e Dani Amos; Keinan, Zahavi, Reikan, Shish, Alberman, Radi e Shechter.

Portugal (4-3-3): Rui Patrício; João Pereira, Bruno Alves (Hugo Almeida 75'), Pepe e Fábio Coentrão; Miguel Veloso (Carlos Martins 60'), João Moutinho e Raúl Meireles; Varela (Vieirinha 60'), Postiga e Ronaldo.
Treinador: Paulo Bento. Suplentes Não Utilizados: Beto e Eduardo; Sereno, Neto, Sílvio, Custódio, Paulo Machado, Danny e Pizzi.

Disciplina:
Amarelos: Kayal 28'; Hemed 44'; Melicsohn 59'; Fábio Coentrão 59'; Carlos Martins 66'; Ronaldo 72'.

Marcador: 0-1 Bruno Alves 02'; 1-1 Hemed 24'; 2-1 Ben Basat 40'; 3-1 Gershon 70'; 3-2 Hélder Postiga 72'; 3-2 Fábio Coentrão 90+3'.

Sem comentários:

Enviar um comentário